Ir para conteúdo
  • Entre para seguir isso  

    Pilotos Brasileiros Notáveis - RBM Blackbird


    TC admin

    Dando sequência a série de entrevistas com pilotos brasileiros notáveis no Forza Motorsport, desta vez entrevistamos um dos brasileiros que disputaram o campeonato mundial (Forza RC) em 2017 e que também foi campeão da série A na última temporada da LNPE (Liga Nacional de Pilotos e Equipes), que é organizada no Brasil.

    O entrevistado é o Erick Kubota, também conhecido como RBM Blackbird, piloto da Racing Bulls Motorsport (RBM), uma das maiores e melhores equipes brasileiras. Nesta entrevista o Erick descreve sua participação nas finais do Forza RC 2017 que aconteceram durante a tradicional corrida 24 horas de Le Mans (França), em um evento montado pela Microsoft dentro das instalações do circuito Francês. Veja pelas fotos como o RBM Blackbird aproveitou a viagem para, além da competição, ter contato com outros pilotos do Forza, com os carros reais e o ambiente de uma das provas mais importantes do automobilismo mundial.

    Gamertag: RBM Blackbird
    Nome: Erick Seiji Ferreira Kubota
    Idade: 22 anos
    Cidade em que vive: São Paulo, SP

    Quando você começou a jogar Forza e porque?
    Comecei a jogar o Forza mais ou menos em 2007, com o Forza Motorsport 2, mas competitivamente desde o Forza Motorsport 4 só. Comecei a jogar Forza porque eu havia migrado do PlayStation 2 para o Xbox 360, e a franquia Forza é o equivalente do Gran Turismo no Xbox.

    Você já jogava (ou joga) outros jogos de corrida anteriormente?
    Sempre, desde quando eu peguei meu primeiro vídeo-game, sempre fui fanático por jogos de corridas, joguei vários antes do Forza, foram vários jogos arcades, como os Need For Speed, até os mais simuladores da época, como o Gran Turismo 2 e 3 e o famoso TOCA Racing Driver, tanto dos Playstations 1 e 2. Atualmente eu ainda gosto muito de jogar desde os Need For Speed e The Crew até o Assetto Corsa e Project CARS, então o que não falta é contato com outros jogos de corrida hahahaha.

    Curte outros jogos de video-game sem ser de corrida? Quais? Por que? 
    Depois de mais velho, comecei a gostar bastante de jogos de tiro, jogos de guerra em geral, como os Call of Duty, e mais tarde acabei migrando para os Battlefield, numa pegada diferente mas ainda de tiro. A série Destiny tem um grande valor para mim, por ser o primeiro jogo do gênero de tiro meio que misturado com elementos de RPG, foi um jogo em que fiz muitas amizades, que já vi muitas brigas também, mas que tudo isso fazia parte da experiência do jogo, que foi algo realmente diferenciado para mim.
    Ainda dentro dos jogos de tiro, eu gosto muito mesmo de jogos de avião, caças de guerra, tanto desde a segunda guerra mundial até os dias de hoje, com jogos como War Thunder (PC) e Ace Combat.

    Quanto tempo por semana você treina? Como faz para conciliar a vida real com o video-game? 
    De treino mesmo, agora que o Forza Racing Championship estará começando em breve, estão se intensificando, sendo a chegar mais ou menos umas 2 horas por dia correndo em lobbies com outros pilotos, mas durante o período normal, o treino eh mais ou menos 1 hora de rivais ou lobby público para não perder a mão, isso quando o jogo não da aquela enjoada hahahaha, e ter 1 ou 2 horas por dia não é muito problema para conciliar (ainda) hahahaha.

    Qual seu método preferido de treino para melhorar performance?
    Tem vários treinos possíveis para a melhora da performance, para pegar traçado da pista, pontos de frenagem, melhorar tempos de voltas sem dúvidas o Rivais é o melhor modo, mas para pegar consistência em corrida é sempre bom aquele caos do lobby público, e uma brincadeira que gostamos muito de fazer lá na RBM é o Gato e Rato, modo que tinha no Forza Motorsport 4, que, além de ser um forte treino de reflexo, também é de controle de carro e consciência situacional, sendo uma brincadeira, com grande aproveitamento para situações de corrida.

    Pode descrever como é o ambiente da equipe RBM e o relacionamento dos jogadores?
    A equipe é bem entrosada, sempre todos jogam juntos, seja o que estamos correndo, seja treinando para a liga, sempre todos entram no grupo, fazemos aquele lobby de treino, ou de gato e rato (hahahaha), ou lobby de treino interno mesmo, mas acredito que uma das principais características da equipe é o entrosamento e forte relacionamento que temos dentro dela.

    Você imaginária que iria disputar um campeonato mundial de automóbilismo virtual? Nunca hahahahaha

    Qual a sensação de estar no meio dos melhores jogadores do mundo?
    Eu ainda tenho que melhorar muito para estar entre os melhores do mundo, mas é bem legal ter esse reconhecimento do pessoal, é algo bem gratificante quando vejo esse apoio aos pilotos brasileiros em geral quando em eventos internacionais.

    5a8f6dc5b5a35_WhatsAppImage2018-02-21at11_41_45.jpeg.8178e9affe12a341ced64e557be105fe.jpeg
    Na companhia de outros pilotos virtuais, incluindo os outros 2 brasileiros que tiveram na prova: JSR Zoom e FRF Cezar. Da esquerda para direita: RBM BlackBird, JSR Zoom (Atual TX3 Hard BR), Raceboy77 e FRF Cezar.

    Quais são os momentos positivos e negativos que você destacaria sobre o Forza RC 2017?
    O Forza Racing Championship foi uma experiência fenomenal, minha primeira viagem ao exterior, com tudo muito bem organizado, com toda a atenção da organização voltada aos seus competidores, local, tanto de estadia, quanto de competição muito legais, o evento acontecer enquanto ocorrem as 24h de Le Mans foi sensacional, e conhecer os melhores jogadores do mundo, em parte aqueles que eu via os tempos nos placares de líderes no Forza Motorsport 4, e me perguntava se algum dia eu conseguiria sequer chegar perto dos tempos deles, estavam lá, na minha frente, as conversas, as experiências que foram vividas por eles, as brincadeiras e zoeiras, acho que uma das melhores partes desta experiência foi a interação com os outros competidores.

    5a8f6e0d935b1_WhatsAppImage2018-02-21at11_41_44.jpeg.0150236a4399396150b22a7d5a5c2545.jpeg

    O que espera do Forza Racing Championship em 2018?
    Espera-se cada vez mais um nível maior de competição, mais pegado, e agora com menos vagas para se classificar para os eventos presenciais, com certeza agora, também com o crescimento do cenário brasileiro, há a expectativa do retorno de representantes brasileiros a competição, como o Hard, Wesley, dentre outros, e espero estar entre esses outros hahahahaha.

    5a8f6e1940e51_WhatsAppImage2018-02-21at11_41.44(1).thumb.jpeg.22ecb4d5e7346f800a2715e652a1e96a.jpeg

    Como você espera que seja o futuro da LNPE e dos esportes eletrônicos  (e-sports) no Forza no Brasil no futuro?
    Tanto a LNPE, como o cenário competitivo de todos outros jogos só tendem a crescer daqui a para frente, com cada vez mais a popularização dos video-games. Cada vez mais empresas estão interessadas em usar seus nomes em patrocínios, está tendo o investimento em premiações, fazendo, assim, que haja uma competição maior e mais acirrada pela conquista da competição, e tudo isso está se refletindo dentro do cenário competitivo brasileiro, que, ainda, não tem nenhuma organização que podemos chamar de profissional, mas acredito que, em breve, estaremos chamando atenção de possíveis patrocinadores de peso, tanto para as equipes, quanto para a competição também

    WhatsApp Image 2018-02-21 at 11.41.46.jpeg

    Erick (RBM Blackbird) e JSR Zoom ao lado de executivos da Microsoft e da Turn 10

    Fotos: Erick Kubota - Arquivo pessoal

     

    • Like 7
    • Haha 1
    Entre para seguir isso  


    Feedback do Usuário

    Comentários Recomendados



    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário

    Criar uma conta

    Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

    Crie uma nova conta

    Entrar

    Já tem uma conta? Faça o login.

    Entrar Agora

  • Imagens

  • Estatísticas de Usuários

    281
    Membros
    46
    Recorde Online
    byttencourt
    Membro Mais Novo
    byttencourt
    Registro em

Sobre Nós

Este site foi criado através do esforço de alguns jogadores brasileiros do Forza Motorsport na busca de criar uma comunidade exclusivamente brasileira para apoiar na divulgação de informações, eventos e servir de ponto de integração entre os jogadores e as equipes da franquia Forza no Brasil. A Comunidade Forza Brasil não tem nenhuma relação com a Microsoft, a Turn 10 ou uma de suas subsidiárias, bem como não tem relação com a Comunidade oficial do Forza.

Links úteis

Sites úteis e parceiros

×